Sou um amante de livros, tenho verdadeira paixão por literatura. Acredito que ao ler um livro você

Sou um amante de livros, tenho verdadeira paixão por literatura. Acredito que ao ler um livro você
Sou um amante de livros, tenho verdadeira paixão por literatura. Acredito que ao ler um livro você faz uma viagem por mundos desconhecidos, mundos a serem descobertos.Este blog tem como objetivo a troca de informação literaria, a troca de conhecimento sobre livros. O blog tem em sua maxima, indicar e receber em suas paginas indicações de livros. Formando assim um forum literario de debate e incentivo a leitura. De sua sugestão, sua indicação...vamos fazer da leitura um prazer em nosso cotidiano.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Um Filme, Um Clássico!!

The Godfather (O Poderoso Chefão) e um filme norte-americano de 1972, dirigido por Francis Ford Coppola, baseado no livro escrito por Mario Puzo. É estrelado por Marlon Brando, Al Pacino, James Caan, Robert Duvall, Richard S. Castellano, Sterling Hayden, John Marley, Richard Conte e Diane Keaton.
Conta a historia dos Corleone, uma família de mafiosos italianos dona de boa parte dos negócios ilegais em Nova York. Don Vito Corleone (Marlon Brando) é o padrinho, o homem que tem o controle, o chefe da família, a quem todos temem pedir um favor, com medo de ficar em dívida. Ele está preparando Sonny (James Caan) para ser o seu sucessor, deixando-o sempre por dentro de tudo, ao contrário de seu outro filho Michael (Al Pacino), um herói da Segunda Guerra Mundial, que vive normalmente como um civil. Então os problemas para a família Corleone começam a aparecer sendo colocada xeque quando surge o interesse por parte das outras famílias em introduzir o tráfico de drogas na cidade. Don Corleone posiciona-se totalmente contra, não oferecendo o auxílio político e policial que as outras famílias acharam que poderiam contar. Essa posição gera uma série de atentados contra sua família, com o objetivo de fazer com que mudem de opinião e passem a ajudá-los com seus interesses. É nesse caótico cenário de guerra entre as famílias que, por ironia do destino, Michael vê a necessidade de proteger o seu pai e manter todos os negócios construídos ao longo dos anos.
Quem imaginaria que as maiores dificuldades de Francis F. Coppola ira ser formar o elenco. Para viver na pele de Vito Corleone foram escolhidos Marlon Brando e Laurence Olivier, ficando com Brando. Na escolha para o personagem para viver Michael foi uma aposta arriscada de Coppola deixando Robert Redford ( um ator muito considerado naquela época) que era a primeira opção dos estúdios fora do filme e escalando Al Pacino um jovem estreante no cinema que tinha aparecido em apenas dois filmes. Bruce Dern, Paul Newman e Steve McQueen foram considerados para fazer Tom Hagen que no final foi para Robert Duvall.
Que depois da grande estreia em 15 de março, o filme foi mais que aplaudido pelo publico e pela critica.Ganhando três oscars (melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor ator) e fazendo uma fortuna nas bilheterias.