Sou um amante de livros, tenho verdadeira paixão por literatura. Acredito que ao ler um livro você

Sou um amante de livros, tenho verdadeira paixão por literatura. Acredito que ao ler um livro você
Sou um amante de livros, tenho verdadeira paixão por literatura. Acredito que ao ler um livro você faz uma viagem por mundos desconhecidos, mundos a serem descobertos.Este blog tem como objetivo a troca de informação literaria, a troca de conhecimento sobre livros. O blog tem em sua maxima, indicar e receber em suas paginas indicações de livros. Formando assim um forum literario de debate e incentivo a leitura. De sua sugestão, sua indicação...vamos fazer da leitura um prazer em nosso cotidiano.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

O Ultimo Alquimista de Praga

Quando estive em Praga tive a oportunidade de conhecer Ibrahim Nure, um homem impar, de fato foi um privilegio conhecer um verdadeiro Alquimista. Homem de fé impecável, dedicado a causa do espirito, voltado para Deus em todas as circunstancias. Quando conversamos sobre o Alcorão, e sobre a Thorá, tive uma aula de interpretação legalista, mas acima de tudo uma visão totalmente humana e racional, que há fé com logica trás para nossas vidas.  Quando entrei em seu laboratório me deparei com uma cena medieval...lugar escuro, e bagunçado, ou seja, nada que me lembra-se um laboratório de química atual. No meio desta bagunça toda Ibrahim manipulava ingredientes vegetais e minerais a fim de produzir ouro a partir de outros metais, tudo com um ritual de simbologia expresso em muitos livros que ali se encontravam...se eu vi o fenômeno da transmutação?...não vi, não foi me dado este prazer!...se isso é possível?...não sei, tudo é uma questão de fé, e do que é o verdadeiro ouro que os Alquimistas buscam. Elixir da longa vida, existe algo mais poético que a busca pela imortalidade...de certa forma todos nos buscamos a imortalidade, seja nos consultórios médicos, nas Catedrais, Mesquitas, Sinagogas, e nos muitos templos existentes...todos nos ansiamos pelo eterno! Mas o que de fato Ibrahim me ensinou é que Alquimia purifica a alma, o coração, pois ela expurga toda malicia, todo orgulho, pavimentando o caminho para o eterno...

Foi uma honra conhecer o ultimo Alquimista de Praga...



terça-feira, 20 de agosto de 2013

Os Judeus Acreditam na Reencarnação??

Com o nome de Transmigração de Almas (em hebraico Guilgul Neshamot), todos os praticantes do judaísmo, especialmente as correntes ortodoxas - como o hassidismo (aqueles caras que andam de casacos e chapéus pretos) - e cabalistas acreditam que, após a morte, a Alma reencarna numa nova forma física. O conceito da reencarnação consta nos livros Sefer-Há-Bahir (Livro da Iluminação) e no Zôhar (Livro do Esplendor). Ambos atribuem grande importância à doutrina da Reencarnação, usada para explicar que os justos sofrem porque pecaram em uma vida anterior. Nele, o renascimento é comparado a uma vinha que deve ser replantada para que possa produzir boas uvas.
A "Transmigração" emprestou um significado novo a muitos aspectos da vida do povo judeu, pois o marido morto voltava literalmente à vida no filho nascido de sua mulher e seu irmão, num casamento por Levirato. A morte de crianças pequenas era menos trágica, pois elas estariam sendo punidas por pecados anteriores e renasceriam para uma vida nova. Pessoas malvadas eram felizes neste mundo por terem praticado o bem em alguma existência prévia. Prosélitos do judaísmo eram almas judaicas que se haviam encarnado em corpos gentios ou pagãos. Ela também permitia o aperfeiçoamento gradual do indivíduo através de vidas diferentes.
Zôhar afirma ainda que a redenção do mundo acontecerá quando cada indivíduo, através de "Transmigração das Almas" (Reencarnações), completar sua missão de unificação. Ele nos diz que o termo bíblico "gerações" pode muito bem ser substituído por "encarnações".

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Da Alquimia a Química

Muitos acreditam que Newton na sua lógica reduziu o ser humano numa maquina biologicamente pensante. E muitos agem como se o fossem,e levam uma vida totalmente apartada dos conceitos espirituais. Ciência e fé tomaram rumos opostos, não se convergem mais para o bem do esclarecimento humano, existe sim uma empatia que chegar há doer os olhos quando lemos seus tratados explicativos da origem e destino da humanidade. Física, química, matemática, são matérias muitas vezes usadas para reduzir D'us num conceito abstrato e mitológico. Em contra partida existem muitos, que embora possuam seus diplomas em exatas e atuam na área como mestres, ou mesmo em pesquisas, não usam de tais "logicas", para colocar num plano inferior a visão de muitos a respeito do seu destino quanto ser humano. Sabemos que a química deve muito aos primeiros Alquimista, homens que se "purificavam" em seus laboratórios na sua busca pela pedra filosofal,da busca pelo elixir da longa vida, uma busca abstrata, porém com um forte componente da logica científica...mas como um Alquimista de fato observa o mundo?


Um alquimista vê o mundo como uma entidade viva, em constante mudança e movimento.
Esse movimento cria impressões que podem ser lidas tal qual uma linguagem. A Linguagem do Mundo.
Essa língua tem uma forma única de se expressar. É escrita e lida através de sinais.
Sinais que a Alma do Mundo deixou para cada pessoa.
Esses sinais que o alquimista lê mostram o que aconteceu, o que está acontecendo e o que poderá acontecer.
Para um leigo, esses “sinais” não são mais do que simples ocorrências de fatos cotidianos, aparentemente sem nenhum significado oculto.
Porém, para os olhos treinados do alquimista, esses sinais são mensagens da Alma do Mundo, auxiliando-o na realização da Grande Obra, da Lenda Pessoal. São símbolos que formam tal qual um mapa do tesouro, indicando onde estão as armadilhas, onde é seguro prosseguir e quais ações são mais recomendadas.
Outro dom do alquimista é a transmutação das situações e das circunstâncias.  Devido a esse dom, o que parece ruim para as pessoas comuns, para o alquimista é bom. Ele sabe que tudo tem um propósito e que muitas situações são, na verdade, o contrário do que se pensa.
Um alquimista é desapegado de todas as coisas do mundo, pois sabe que não o pertencem. Ele as toma emprestado e as devolve assim que sua função foi cumprida. Pois Tudo é Uma Coisa Só.
Cada pessoa, por mais que rejeite, possui uma Grande Obra designada a ela. Não só as pessoas, mas tudo possui sua própria Lenda Pessoal. Todas as coisas caminham em direção à essa realização, mesmo que leve uma eternidade para atingi-la.
A finalização da Grande Obra é única para cada um. Alquimistas bem sucedidos aludiram à esse momento a criação da Pedra Filosofal, capaz de transformar chumbo em ouro; e a criação do Elixir da Longa Vida, capaz de curar todas as doenças e prevenir a morte.
Realizar a Grande Obra é a única obrigação dos homens.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

No Mar da Galileia...Que Não é Mar

Embora chame de mar, na verdade o Mar da Galiléia é um lago de água doce. Tem treze quilômetros de largura e 21 de comprimento, é alimentado pelo Rio Jordão.
É um local sagrado para os cristão, já que segundo a tradição, Jesus atuou e realizou muitos milagres.

 “Chegando-se a Ele, despertaram-No dizendo: Mestre, Mestre, estamos perecendo! Despertando-Se Jesus, repreendeu o vento e a fúria da água. Tudo cessou, e veio a bonança.” Lucas 8:24.

 Por duas vezes Jesus acalmou esse mar, quando seus discípulos estavam tomados de grande medo. Na primeira, Jesus estava com eles, dormindo na popa do barco. Da segunda vez, Jesus veio ao encontro deles, andando sobre o mar. Foi também na praia desse mar que Jesus restaurou o apóstolo Pedro, depois de sua tríplice negação, dando-lhe a oportunidade de recomeçar seu ministério.

domingo, 4 de agosto de 2013

Culinaria - A Cultura Gastronomica Árabe - Um Passeio Pelo Brás

O restaurante Abu Ali é uma das opções mais autênticas de comida árabe em São Paulo. Em frente à Liga da Juventude Islâmica do Brasil, é sucesso entre os muçulmanos que frequentam a Liga e sua mesquita.
O Abu Ali fica bem no coração do Brás, o bairro de comércio de roupas baratas. Ali é difícil encontrar lugares bons para almoçar, e sinceramente não sei de nenhum outro lugar na cidade em que eu encararia o shawarma (tamém conhecido como Kebab ou Gyros, na versão grega).
Quando se fala em comida árabe, shawarma é uma das estrelas. O lanche é feito normalmente com pedaços de frango ou carne que são assados amontoados em formato de torre em um espeto. A carne é picada e enrolada no pão sírio com tomate, pepino, cebola e molho especial.

Abu Ali

Address: R. Barão de Ladário, 922 - Pari
Phone: 11 3227-3535
 Contiuando o passeio pelo Brás chego a Mesquita Mohammad Mensageiro de Deus, Mesquita esta que tem 26 anos, não 15 anos como informei no video. Esta Mesquita foi fundada no ano de 1987.

Tem uma arquitetura muito bonita, e sua frente é composta por azulejos que foram enviados do Irã para compor sua fachada.

sábado, 3 de agosto de 2013

Andando Pelo Mundo - Bósnia - Sarajevo...O Cemitério Judeu da Cidade de Praga, O Cemitério da Consolação em São Paulo

Maior cidade da Bósnia, Sarajevo é um caldeirão de influências, mais notadamente turca. Incrível como as lojas parecem ser filiais daquelas de Istambul. O número de mesquitas também ajuda a ter esta sensação de que estamos na Turquia.
A cidade é uma aula de história a céu aberto: seus edifícios, mesquitas e bairros étnicos são prova viva do seu passado, do legado turco e da influência posterior do Império Austro-Húngaro.
video
A temperatura aqui normalmente é menor do que em Mostar. Infelizmente a chuva foi uma constante nos dois dias em que fiquei na cidade.
videoO Antigo Cemitério Judeu apresenta um conjunto de 12 mil túmulos onde foram enterrados mais de 100 mil indivíduos entre os séculos XV e XVIII. Mais tarde, túmulos ainda mais antigos, do século XIV foram também trazidos para cá. Devido ao exíguo espaço disponível, as sepulturas eram compostas em camadas, em alguns casos com nove sepultamentos uns sobre os outros.

A comunidade judaica de Praga era muito numerosa e poderosa, e suas cerimônias funerárias deram origem a uma sociedade funerária que atuou por três séculos, gozando de grande prestígio. Parte desta história e dos artefatos por eles utilizados encontra-se no museu da Sinagoga Pinkas.

Dentre os túmulos, o mais procurado é o do notório Rabino Low. Sepultado em 1609, segundo a lenda, o rabino haveria criado a partir do barro a mítica criatura Golem. Segundo a mesma lenda, o Golem haveria sido “enterrado” no sótão da Old New Sinagogue.

A profusão de túmulos, e todo o simbolismo judeu nele contido tornam a visita especial.

Abaixo o Cemitério da Consolação:

A única coisa tão inevitavel quanto a morte é a vida.
Charles Chaplin

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Ainda Bem Que a Minha Cirurgia Foi a Certa!!!

Esta semana fiz uma cirurgia de Hérnia, e correu tudo bem, graças a Deus...no entanto no pós operatório, já no meu quarto, fiquei pensando...que nos últimos meses não estava com muita sorte.Confesso que fiquei preocupado de ter a mesma sorte do homem alterado de Luis Fernando Veríssimo...ainda bem que escapei, pelo menos da parte final de seu azar!!Por fim até gostando de maquiagem agora estou, porém o meu sexo continua o mesmo...rsrs

Segue o texto!!

"O homem acorda da anestesia e olha em volta. Ainda está na sala de
recuperação. Há uma enfermeira do seu lado. Ele pergunta se foi tudo bem.
- Tudo perfeito - diz a enfermeira, sorrindo.
- Eu estava com medo desta operação...
- Por quê? Não havia risco nenhum.
- Comigo, sempre há risco. Minha vida tem sido uma série de enganos...
E conta que os enganos começaram com seu nascimento. Houve uma troca
de bebês no berçário e ele foi criado até os dez anos por um casal de
orientais, que nunca entenderam o fato de terem um filho claro com olhos
redondos. Descoberto o erro, ele fora viver com seus verdadeiros pais. Ou
com sua verdadeira mãe, pois o pai abandonara a mulher depois que esta não
soubera explicar o nascimento de um bebê chinês.
- E o meu nome? Outro engano.
- Seu nome não é Lírio?
- Era para ser Lauro. Se enganaram no cartório e...
Os enganos se sucediam. Na escola, vivia recebendo castigo pelo que não
fazia. Fizera o vestibular com sucesso, mas não conseguira entrar na
universidade. O computador se enganara, seu nome não apareceu na lista.
- Há anos que a minha conta do telefone vem com cifras incríveis. No mês
passado tive que pagar mais de R$ 3 mil.
- O senhor não faz chamadas interurbanas?
- Eu não tenho telefone!
Conhecera sua mulher por engano. Ela o confundira com outro. Não foram
felizes.
- Por quê?
- Ela me enganava.
Fora preso por engano. Várias vezes. Recebia intimações para pagar dívidas
que não fazia. Até tivera uma breve, louca alegria, quando ouvira o médico
dizer:
- O senhor está desenganado.
Mas também fora um engano do médico. Não era tão grave assim. Uma
simples Hérnia.
- Se você diz que a operação foi bem...
A enfermeira parou de sorrir.
- Hérnia ? - perguntou, hesitante.
- É. A operação era para tirar a hérnia.
- Não era para trocar de sexo?"

Luis Fernando Veríssimo

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

A Menina Que Roubava Livros - Quando a Morte Conta Uma História, Você Deve Parar Para Ler !

Um livro maravilhoso, emocionante, épico...Ler é se emocionar!!!

"Talvez esse seja um castigo justo para aqueles que não possuem coração: só perceber isso quando não pode mais voltar atrás."
A menina que roubava livros

*Hans fazendo um desenho da filha* "Pai, eu não tenho olhos" "Com um sorriso desses, você não precisa de olhos."
A menina que roubava livros

"Este é um pequeno fato. Você vai morrer"
Morte - A menina que roubava livros